‘Jogar nesse horário é complicado’, diz preparador físico da Portuguesa

Portuguesa só volta a campo no próximo domingo, 4 de março, no Canindé, às 10h, contra o Taubaté. Com esse intervalo de uma semana, a Lusa vai aproveitar para ajustar alguns detalhes e aprimorar a parte física dos seus atletas. O objetivo é chegar na próxima partida com fôlego na melhor condição possível.

No retorno aos treinamentos, a equipe pegou pesado, sob o comando do preparador físico José Roberto Portella.

“Vamos ter uma semana muito boa para poder trabalhar ja que é difícil ter no futebol, praticamente uma semana inteira de trabalho”, comenta.

“Começamos com avaliações físicas e todos os testes que podemos aplicar, foram feitos”, completa Portella.

>> Participe do nosso bolão e concorra a uma camisa oficial da Lusa

ADVERSÁRIO EXTRACAMPO
E é importante mesmo se preparar para o próximo jogo, afinal, além do adversário dentro de campo, a Lusa vai ter um outro rival: o clima. A partida foi marcada para ocorrer às 10h, e a expectativa é de muito calor no Canindé.

“Jogar nesse horário é complicado. Temos que levantar bem cedo, fazer uma excelente alimentação. Hidratar bastante, para aguentar o calor e jogar os 100 minutos. Não trabalhamos com 90 minutos, mas sim com 100 minutos de jogo”, destaca o preparador físico da Lusa.

TRABALHO ESPECÍFICO 
Chegando na metade do torneio, Portella ressalta que a equipe ainda tende a evoluir mais na parte física, já que todo um trabalho de mapeamento vem sendo feito. O objetivo é corrigir e aprimorar cada jogador, de acordo com suas necessidades.

“Estamos trabalhando o perfil de cada atleta. E também o psicológico, para mostrar que ele está bem. Por isso que fizemos estas avaliações para mostrar e provar que todos os jogadores estão em condições”, conclui Portella.

No votes yet.
Please wait...

Comments

comments